terça-feira, 24 de outubro de 2017

Termelétrica produz energia com lixo suficiente para abastecer uma cidade de 200 mil habitantes em SP

A Termoverde Caieiras é a maior termelétrica movida a biogás de aterro sanitário no Brasil.


Todos dias, a central de Tratamento e Valorização Ambiental recebe cerca de oito mil toneladas de resíduos urbanos e industriais, na cidade de Caieiras, em São Paulo. Todo esse lixo é transformado em energia pela Termoverde Caieiras, a maior termelétrica movida a biogás de aterro sanitário no Brasil.

E não é pouca coisa: a usina de 15 mil metros quadrados e potência de 29,5 megawatts consegue abastecer uma cidade de até 200 mil habitantes. Ela começou a ser construída em 2014, com um investimento inicial de 100 milhões de reais do Grupo Sovi. Em julho de 2016, o empreendimento recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para ligar as turbinas e começar a operar.


Armando Jr

O sistema sofisticado da Termoverde não emite metano – um dos gases vilões do efeito estufa. A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) informou que hoje o país tem potencial para gerar 1,3 GW de energia elétrica a partir de resíduos urbanos.

Isso equivale a um fornecimento adicional de 932 mil MWh por mês. Somados esses adicionais, eles conseguem abastecer nada menos do que 6 milhões de residências. Os números são impressionantes, não é mesmo?! Por mais usinas como essa!

Foto de capa: Solvi / Via


Via Razões Para Acreditar
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta