sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Ricaço japonês quer investir US$ 880 bilhões em tecnologia


presidente do grupo SoftBank, o japonês Masayoshi Son, informou em entrevista que pretende investir nada menos do que US$ 880 bilhões em um fundo de investimento de tecnologia ao longo dos próximos anos. O valor é simplesmente 10 vezes maior do que a primeira ação do gênero feita pelo ricaço asiático, que disponibilizou US$ 88 bilhões recentemente por meio do Vision Fund.

“O Vision Fund foi apenas o primeiro passo, 10 trilhões de ienes [US$ 88 bilhões] simplesmente não é o suficiente”, declarou o líder do grupo ao site The Nikkei. “Expandiremos essa escala rapidamente. Os Vision Funds 2, 3 e 4 serão estabelecidos a cada dois ou três anos”, declarou o bilionário.

“Estamos criando um mecanismo para aumentar a nossa habilidade de financiamento de 10 trilhões de ienes para 100 trilhões de ienes”, comentou Son. “[Esse valor] provavelmente vai investir em pelo menos 1 mil companhias em 10 anos”, concluiu. Levando em conta tal projeção, a ideia de disponibilizar quase US$ 1 trilhão para novas companhias faz todo o sentido: até agora, estima-se que um terço do valor inicial de US$ 88 bilhões já tenha sido consumido.

Masayoshi Son quer investir quase US$ 1 trilhão em tecnologia ao longo da próxima década.

E a ideia aqui não é investir em empresas iniciantes com ideias que ainda podem dar certo. Ao contrário, as startups visadas pelos Vision Funds de Son são aquelas com valor estimado acima de US$ 1 bilhão e com operações em pleno funcionamento — ou seja, empresas capazes de dar um retorno quase garantido.

Apesar de ser o homem mais rico do Japão, Son não deve tirar todo esse dinheiro do seu próprio bolso. O primeiro Vision Fund contou também com dinheiro de outros investidores, como Apple e o governo da Arábia Saudita, mas o presidente do SoftBank evitou dar qualquer pista sobre a origem das centenas de bilhões de dólares que vêm por aí.


FONTE(S) THE NIKKEI
Via TecMundo
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta