segunda-feira, 23 de outubro de 2017

BMW na mira das autoridades por alegada fraude nos seus automóveis


A Comissão Europeia esteve na sede da BMW em Munique e realizou várias inspecções. A investigação está relacionada com práticas de cartelização e ligações a fraude noas valores de emissões de gases poluentes. Da lista constam ainda outros cinco grupos fabricantes de automóveis.

Esta medida pode ser vista como uma reação da Comissão Europeia às notícias publicadas em julho na Imprensa alemã. A revista Der Spiegel lançou o caso em julho e no qual afirmava que a BMW, a Daimler, a Volkswagen, a Audi e a Porsche mantiveram ao longo de mais de 20 anos reuniões secretas para concertarem vários pormenores e detalhes técnicos dos seus automóveis, com particular incidência no sistema de filtragem das emissões poluentes.

No terreno, e segundo comunicado da Comissão Europeia, apenas se verificaram investigações nas instalações da BMW. A entidade que supervisiona a concorrência na União Europeia, adianta que as inspeções tiveram lugar na segunda-feira dia 16 e que foram realizadas na presença de inspetores alemães.

Caso se confirmem as práticas, a BMW incorre numa das mais pesadas condenações de violação da concorrência. A sanção recorde num caso idêntico foi atingida em julho de 2016, quando Bruxelas aplicou uma multa de 2,93 mil milhões de euros a quatro fabricantes europeus de camiões pela concertação do preço de camiões ao longo de 14 anos.


Via Portal Mais Tecnologia
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta