sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Lugar de professor é na escola ou não?

TCU QUER QUASE MEIO MILHÃO DE PROFESSORES DE VOLTA À SALA DE AULA

TCU INVESTIGA 450 MIL PROFESSORES DESVIADOS DE FUNÇÃO NO PAÍS


O MINISTRO WALTON ALENCAR RODRIGUES LEVOU O PROBLEMA AO PLENÁRIO DO TCU.

Por iniciativa do ministro Walton Rodrigues, o Tribunal de Contas da União decidiu investigar e mapear professores de escola pública fora da sala de aula. Auditoria do TCU atesta que no ensino médio 70.000 professores estão nessa situação. No ensino básico é ainda pior: 380 mil têm gratificação de 40% para dar aulas, mas estão cedidos a outros órgãos. Cerca de meio milhão de professores devem ser obrigados a dar aulas. Ou terão de devolver a gratificação recebida ilegalmente. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Por lei, 60% dos recursos do Fundeb são destinados exclusivamente para pagar professores do ensino básico que estão na sala de aula.

“Dezenas de milhares de professores são remunerados com verbas federais, e servem em assembleias, câmaras e outros”, diz o ministro.

O TCU decidiu que caberá aos tribunais estaduais de Contas levantar o tamanho da burla à aplicação dos recursos do Fundeb.

Para Walton, recursos criados em benefício das futuras gerações não podem ser desviados para custear professores fora da sala de aula.


Via Diário do Poder
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta