terça-feira, 12 de setembro de 2017

Agricultura do futuro terá fazendas verticais sem pesticidas e com 95% menos água


Há alguns anos, empresas e empreendedores começaram a pensar em novas formas de cultivo, produzindo alimentos em ambientes internos com técnicas variadas. Compactas, as fazendas verticais usam 95% menos água e zero pesticidas. As medidas alternativas reduzem custos e são mais sustentáveis, já que evitam desperdícios, a poluição ambiental e o uso de agrotóxicos.

fazendas estão sendo construídas em Nova Jersey (EUA) e já são consideradas as maiores desse tipo no mundo, ocupando um galpão de 21 mil m² e tem previsão de finalização para setembro deste ano. No caso, o espaço abriga pilhas e mais pilhas de bandejas aeropônicas, iluminadas por lâmpadas de LED para a fotossíntese e revestidas com um pano reutilizável, feito a partir de garrafas PET recicladas.


Em um circuito fechado, os nutrientes chegam às raízes por meio de uma nuvem de gotículas – diferentemente do procedimento das hidropônicas, que, apesar de não precisarem de terra, são mergulhadas em água. O método aeropônico é apontado como 75% mais eficiente em comparação à agricultura tradicional, chegando a produzir 900 toneladas de verduras por ano. Além disso, por não estar a céu aberto, também não necessita de praguicidas.

Encontrar um equilíbrio entre tecnologia e natureza é a chave para um futuro promissor. Dá uma olhada no vídeo para entender melhor a agricultura do amanhã:



Via Portal Razões Para Acreditar
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta