segunda-feira, 3 de julho de 2017

Escritório de design ‘dá a real’, usa contrato sincero que foge do padrao


Ao invés de apelar para os termos legais e jargões profissionais que muitas vezes acabam sendo confusos, o escritório de design Segura, de Chicago, criou um contrato que vai direto ao ponto. Sem enrolação, ele determina o que os clientes podem esperar de uma parceria com a empresa – veja a tradução na íntegra logo abaixo. Além do contrato, o escritório criou 2 cartões de visitas no mesmo estilo “sincerão” – um deles explica que pode ser difícil trabalhar em conjunto e o outro lista várias coisas que a Segura se recusa a fazer, como “aumentar o logo” e “usar a cor favorita da sua esposa”. ;-)

“Você me paga, eu crio.
Eu começo quando o cheque for compensado.
Tempo é dinheiro. Mais tempo é mais dinheiro.
Eu escuto você. Você me escuta.
Você me diz o que quer, eu digo o que você precisa.
Você quer que eu seja pontual, eu quero que você seja pontual.
O que você usa é seu, o que você nao usa é meu.
Eu nao posso dar a você coisas que nao sao minhas.
Eu vou tentar nao ser um pé no saco, você deve fazer o mesmo.
Se você quer algo que já foi feito antes, use aquilo.

PRO BONO
Se você quer do seu jeito, você tem que pagar.
Se você nao paga, eu tenho a palavra final.

Vamos criar algo grande juntos.”


“É difícil trabalhar comigo
Eu sou crítico
Eu sou teimoso
Eu sou seletivo
Eu sou difícil
Eu sou criterioso”


Via Blue Bus
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta