quarta-feira, 26 de julho de 2017

Companhia aérea causa polêmica ao decidir que vai pesar passageiros gordos


A companhia aérea note-americana Hawaiian Airlines causou polêmica ao decidir pesar os passageiros obesos antes de embarcarem em seus aviões. Segundo a empresa, a medida se aplica nos voos de e para Samoa Americana, na Polinésia, devido a alta taxa de obesidade do país – 74% entre os adultos.

Recentemente, dois empresários samoanos entraram com uma reclamação no Departamento de Transportes dos EUA, alegando discriminação por parte da companhia aérea. A Hawaiian Airlines, por sua vez, afirma que a medida é necessária para distribuir de forma equilibrada o peso dos passageiros nos aviões e garantir a segurança do voo.

Para David Haleck, um dos reclamantes, a ação é discriminatória porque só se aplica aos voos que saem ou que chegam em Samoa Americana. Em entrevista à rádio New Zeland, David também questionou a eficácia da medida: “A Hawaiian (Airlines) diz que é por questão de segurança. Quer dizer, então, que estávamos viajando em condições de risco todos esses anos anteriores?”.

Um porta-voz da companhia aérea disse ao jornal britânico The Telegraph que a pesagem dos passageiros era parte de uma pesquisa que durou seis meses, mas que já foi encerrada. Segundo o representante da Hawaiian Airlines, a ação resultou da constatação de que o consumo de combustível dos voos de Pago Pago (capital do país) são consideravelmente mais altos do que o previsto, sendo necessário distribuir cuidadosamente os passageiros nos assentos.


Depois das denúncias, o Departamento de Transportes dos EUA abriu uma investigação. Pesa contra os dois denunciantes, porém, o fato de que em 2013 a Samoa Air se tornou a primeira companhia aérea do mundo a transportar passageiros de acordo com o seu peso. Parece, assim, que o problema realmente demanda preocupação das companhias aéreas. E você o que acha da medida?


Via Portal Hypeness
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta