segunda-feira, 12 de junho de 2017

Pedreira cede terreno para plantio de horta comunitária em Juiz de Fora

Os agricultores, por sua vez, disponibilizam os produtos, de graça, a moradores do bairro.


Uma mão lava a outra. Talvez, essa seja a expressão que melhor define a relação entre um grupo de pequenos agricultores e uma pedreira, no Bairro Linhares, região Leste de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Diversos tipos de legumes e hortaliças, como brócolis, alface, cebolinha e couve-flor, sem aplicação de agrotóxicos, cobrem a paisagem de quatro lotes de terra que pertencem à Pedreira Santo Cristo.

Os pedaços de terra são cedidos a moradores da região, que podem contratar funcionários para trabalhar na horta. Os produtos são vendidos em feiras e disponibilizados – de graça – para a comunidade. Os agricultores cultivam, em média, 10 mil mudas toda semana. Eles ainda levam os produtos para escolas, condomínios e um hospital.

Ely Resende é um dos cultivadores mais antigos. Há 15 anos, ele cuida do plantio como se fosse seu próprio filho.

“A durabilidade é bem maior. Deixe uma alface nossa e uma do supermercado na geladeira que você vai ver. Só recebemos elogio, e ver isso faz a gente se sentir bem. Você tem que cuidar como se fosse um filho mesmo. Se precisar comer uma verdurinha, é só chegar que a gente arruma”, conta Ely, em entrevista para o Tribuna de Minas. Hoje, o agricultor conta com uma equipe de cinco colaboradores.


Segundo a Pedreira Santo Cristo, a cessão dos lotes de terra tem como objetivo fixar os moradores no bairro, gerando emprego, e aumentar a produtividade agrícola sem o uso de agrotóxicos, democratizando o acesso a uma alimentação saudável. Saiba mais:



Via Razões Para Acreditar
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta