sexta-feira, 19 de maio de 2017

Tecnologia que transforma plástico em tijolos chega ao Brasil

Mais barato que os tijolos tradicionais e 100% sustentável.


Um projeto arquitetônico de baixo custo, e o melhor de tudo, 100% sustentável. É essa a proposta da empresa de construção civil italiana Presanella Building System.

Localizada na província de Breccia, a companhia recicla o plástico que iria para o lixo, transformando-o em tijolos e outros materiais para a construção de casas.

O plástico é transformado em diferentes tipos de tijolos para a montagem das paredes, além de outras peças e vigas para a sustentação do telhado. Para construir uma casa de 80 metros quadrados, são necessários mais de 2.500 kg de plástico reciclados.

Já a fundação e as paredes da casa são compostas também por cimento, isopor e água. O tipo de cimento utilizado aumenta o isolamento acústico e térmico da casa. O sistema ajuda a reduzir os gastos com o aquecimento da casa.

A empresa afirma que os tijolos e os outros componentes permitem a construção de casas com nível tecnológico elevado em menos tempo e com custos menores comparada às construções tradicionais.

O custo é menor, pois, além dos tijolos, o armazenamento dos materiais pode ser feito em espaço reduzido, sem necessitar de muitos maquinários e mão de obra especializada.

A Presanella Building System inaugurou uma fábrica em Assunção, capital do Paraguai, e agora tem planos de atender toda a América Latina. A novidade já chegou ao Brasil: estão sendo construídas duas casas modelo em Maceió, Alagoas, através de uma operação comercial junto à Propeller Representações.







Via Portal Razões Para Acreditar
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta