terça-feira, 16 de maio de 2017

Salgueiro vem com enredo afro em 2018 e falará da história das matriarcas negras

Durante a feijoada deste domingo, na edição mensal de maio, o Salgueiro anunciou que no Carnaval 2018 vai falar da história das matriarcas negras. O título do enredo é “Senhoras do ventre do mundo”. O carnavalesco Alex de Souza revelou que a sinopse já está pronta, mas aguarda a definição da data de apresentação aos compositores.


– Esse enredo é a cara da escola. Começa no pioneirismo do Salgueiro que lá em 1963 fez uma homenagem para uma mulher negra desconhecida que era a Xica da Silva. Em 2018, nós vamos falar da história das matriarcas negras. São as mulheres empreendedoras, líderes, mães, as escritoras, a força de uma raça, que representamos aqui com nossas baianas, passistas, porta-bandeira, rainha e a nossa presidente – disse o carnavalesco Alex de Souza.

Em entrevista ao site CARNAVALESCO, Alex de Souza contou que o enredo chegou através do Instituto Hoju.

– Este enredo não é meu, mas achei extremamente interessante. A ideia veio do Instituto Hoju. O Salgueiro foi a primeira escola a fazer um enredo em homenagem a uma mulher. Xica da Silva marcou a história da escola e ela ficou conhecida no país inteiro. A escola tem grandes figuras mulheres que fizeram parte de sua história – comentou.

‘Enredo bom desse abre portas para muitas coisas’, diz a presidente Regina Celi

O carnavalesco do Salgueiro abordou também a responsabilidade que terá em ser o responsável pelo desfile no Carnaval 2018.

– É um grande desafio. A escola é muito poderosa e querida. Sempre imaginei um dia ter a chance de poder fazer. O desafio é duplo. Fazer o Salgueiro e conduzir o trabalho de pesquisa de outras pessoas. O tema é muito bonito e acredito que dará muita inspiração para os compositores.

A presidente do Salgueiro disse que a escola tem grande identificação com enredo afro. A salgueirense garantiu que existiu a possibilidade da escola ter patrocínio para desenvolver seu desfile em 2018.

– Estamos há um ano pesquisando. Agora, nós vamos correr atrás de patrocínio. Enredo bom desse abre portas para muitas coisas. Deus quis que o enredo caísse no Salgueiro. O enredo nos leva para muitas coisas. Carnaval é cultura. Xica da Silva me inspira. É forte. A mulher é inspiração de muita coisa – citou Regina Celi.

Em 2007, o Salgueiro levou o enredo “Candaces” para Avenida e um dos versos do samba-enredo tinha “Senhoras do ventre do mundo” que virou o título do enredo de 2018.


Por Guilherme Ayupp Do Carnavaesco
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta