segunda-feira, 29 de maio de 2017

Aninha Franco em Trilhas: abatido pela idiotia


Idiotas não são pobres, descamisados ou miseráveis. Idiotas são aqueles que não foram educados para pensar. O Brasil está cheio de idiotas com educação universitária completa e até com pós-graduação. Os decorebas de ontem são os analfabetos funcionais de hoje que leem, mas não entendem. Ou que não leem. O Brasil é mestre em idiotia. Temer é um idiota que marca encontro na garagem de uma das casas da república para conversar sobre propina com um empresário investigado por corrupção e tem a cara de pau – jacarandá – de declarar à população que preside que ignorava que o cara era investigado. Os brasileiros que temem um Brasil sem este Temer, tranquilizem-se. Estamos no piloto automático há muito tempo e sobrevivemos a Lula e a Dilma Rousseff.

O país sangra, chora, sofre e odeia. Mas de Joesley, que fodeu o Brasil todos os dias nos últimos anos e fugiu para os USA numa boa, sabemos que a mulher comprou um vibrador com Wi-Fi. Joesley fode um país com 206 milhões de habitantes e a mulher dele precisa de um vibrador com Wi-Fi? Joesley parece esperto, mas é um idiota como Eichmann, como o cara que comandou o genocídio judeu nos campos de concentração nazistas. A Banalidade do Mal (Hannah Arendt) explica o século 21 como uma luva num Brasil implodido pela idiotia, por overdose de idiotas. E que país é esse? Pergunto sem indignação. Pergunto só de curiosidade: Que país é esse que me põe em dúvida sobre quem foi seu verdadeiro presidente durante as gestões Lula&Dilma. Há 15 dias eu achava que foi Emílio Odebrecht. Hoje eu desconfio que foram os Irmãos Joesley&Wesley, dupla sertaneja patrocinada pelo BNDES para criar um império nos Estados Unidos com dinheiro brasileiro. E com Marcelo ainda preso, a Odebrecht em dificuldades e a JBS sem problemas, os Irmãos Sertanejos têm tudo para ganhar a parada.

Contudo, Lula continua solto e Dilma quer voltar a presidir o país que nunca presidiu. Temer está de dar pena. Há dias não solta uma mesóclise. O PSDB, acompanhando a guerra entre PT e PMDB de sobre os muros, parece ter abandonado seus feridos. O PMDB está um farrapo no poder. E o PT garante que não tem nada a ver com a queima quase junina dos ministérios. De muito bom nos últimos dias uma entrevista de Fernando Gabeira a Pedro Bial. Assistam. É uma raridade no Brasil a ausência de idiotia por mais de 60 minutos.

O Brasil desmorona diante dos nossos olhos sem que nós possamos fazer muita coisa. Inexiste amor à coisa pública, por isso ele é um fracasso. O conteúdo do Partido dos Trabalhadores é assustador. Não há interesse pelo país, há rancor e o desejo de arrancar dele todo o possível. O PMDB, frágil como uma borboleta manca. E nenhum político entende que o Brasil se reiniciou no dia da prisão de Marcelo Odebrecht, um dos cinco empresários mais importantes da América Latina, finalmente considerado igual a todos os homens e mulheres presos naquele dia por terem infringido a lei. Será que Michel Temer sabe que Marcelo Odebrecht está preso? O Brasil vem sendo abatido pela idiotia. A idiotia é o contrário do Iluminismo. A idiotia é o fracasso da humanidade.


Via Correio 24 Horas
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta