segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Restos de construção são deixados na Praia do Saco, Marechal Deodoro


Montanha de entulhos toma parte da areia da praia no interior de Alagoas.
IMA afirma que dono de construção foi notificado e obra, embargada.

Uma barreira de entulhos foi deixada na Praia do Saco, em Marechal Deodoro, município do Litoral Sul de Alagoas. De acordo com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), o responsável é o dono de uma residência que teve que derrubar o muro para recuar a construção, que estava próxima demais da praia.

A barreira serve agora como contenção contra o avanço do mar. Além dos restos da construção, também há entulho de residências que foram destruídas pelo avanço do mar.

O problema é que além da poluição ambiental, a barreira de concreto oferece perigo aos banhistas, que estão se arriscando a passar pelas pedras para ir de um lado ao outro na praia.

“Temos que passar pelas pedras nos arriscando. Quando a natureza quer tomar, ela vai tomar o que é dela”, disse um dos banhistas no local.

Ainda segundo o IMA, o proprietário do imóvel que gerou os entulhos já teve a obra embargada por duas vezes devido ao muro da residência estar muito próximo ao mar e que a empresa responsável pela obra será notificada ainda nesta segunda-feira (6) para a imediata retirada do entulho.

Banhistas têm que passar por dentro da água para ir de um lado a outro da praia, já que a areia está tomada por concreto (Foto: Reprodução/TV Gazeta)


Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta