quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Grife de Ivanka Trump acumula acusações e processo por plágio

Desde 2016, grife italiana processa a marca de Ivanka Trump, a acusando de roubar o design de um de seus sapatos


Ivanka Trump, filha do presidente Donald Trump: acusação desde 2016 de plágio (Kevin Lamarque/Reuters)

São Paulo – A polêmica começou em meados de 2016, mas voltou à tona agora que Ivanka Trump deixou de ser “apenas” a filha de Donald Trump para se tornar “a filha do presidente dos Estados Unidos”.

Dona da grife Ivanka Trump, fundada em 2012, a empresária enfrenta acusações de plágio e também um processo.

No caso, foi a grife italiana Aquazzura, de sapatos, quem decidiu processar Ivanka, a acusando de roubar o design de um de seus produtos.



Em post no Instagram, a marca escreveu que uma das coisas mais perturbadoras na indústria da moda é quando pessoas copiam descaradamente o design de seus produtos. A foto compara os dois modelos vendidos.

“Vergonha, Ivanka Trump. Imitação não é a forma mais sincera de elogio”, a Aquazzura escreveu.


Respondendo ao processo na época, Ivanka disse que era um processo “infundado” e que estava atrás de “publicidade”.

Além desse processo, é possível encontrar outras peças polêmicas.

Um sapato da marca de Ivanka lembra muito um da Chanel, por exemplo, com design de Karl Lagerfeld.


Ivanka also recently plagiarized Chanel's signature slingback design. Nobody rips off Karl Lagerfeld on my watch 🕶@JoyAnnReid @Khanoisseur pic.twitter.com/C98BwuUK8G

Ver imagem no TwitterVer imagem no Twitter

Outros casos apareceram entre usuários do Twitter:

Ivanka se afastou da empresa após a eleição de seu pai, dizendo assim evitar conflito de interesses.


Via Exame.com
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta