segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Racismo: modelo grávida é criticada ao postar foto de biquíni


“Nós não vemos com frequência a barriga de pessoas negras e, por alguma razão, quando vemos, as pessoas têm uma reação negativa”, disse a mãe.
A atriz, modelo e escritora Porsche Thomas, de 32 anos, foi mais uma vítima de racismo na web. Com 35 semanas de gestação, ela compartilhou uma foto no Instagram, em que aparece de biquíni e sorridente com o seu barrigão de gêmeos.

Poucos minutos depois, alguns internautas começaram a criticar a americana por causa da cor da sua pele. Um usuário a abordou perguntando por qual motivo a sua barriga era “tão escura”. Outro a classificou como “detestável”.

A modelo falou sobre o episódio ao site BET: “Nós estamos acostumados a ver grávidas brancas. Nós não vemos com frequência a barriga de pessoas negras e, por alguma razão, quando vemos, as pessoas têm uma reação negativa em relação a isso, como se fosse algo vulgar”.


Apesar das críticas, Porsche não se deixou abalar e fez um post para dar um recado aos seus seguidores. “Enquanto alguns estão aqui em meus comentários criticando a escuridão da minha barriga durante o que deveria ser um feriado de celebrações, eu estou aproveitando a vida, criando seres-humanos minúsculos, realizando milagres e, esperançosamente, ficando ainda mais negra”, escreveu a modelo.

Em entrevista ao BET, a mamãe explicou que tenta deixar de lado tudo o que é negativo e que não se apega a opiniões de pessoas que mal a conhecem. “Eu rio da ignorância. Eu sei que ela existe, que está lá e que é triste”, desabafou. Antes de receber as críticas, a modelo já havia postado fotos incríveis exibindo a sua beleza durante a gravidez. Veja alguns cliques abaixo:


No dia 7 de janeiro, Porsche teve ainda mais motivos para não se abater diante de tantos comentários preconceituosos. Ela deu à luz os gêmeos August e Berlin e compartilhou uma imagem cheia de amor em seu perfil. Confira:



Via Portal Bebe
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta