quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Morre o artista plástico potiguar Dorian Gray aos 86 anos


Dorian Gray Caldas morreu na noite desta terça (23) vítima de um infarto.
Ele estava há 12 dias internado com pneumonia e problemas renais.

O artista plástico Dorian Gray Caldas morreu na noite desta terça-feira (23) vítima de um infarte fulminante. Ele tinha 86 anos e estava há 12 dias internado no Natal Hospital Center com pneumonia e problemas renais.

Dorian Gray Caldas nasceu em 16 de Fevereiro de 1930 na cidade de Natal no Rio Grande do Norte . É um consagrado artista potiguar que expressa sua arte em diversas plataformas artísticas, tais como: Escultura, cerâmica, tapeçaria, desenho, poesia e escritos.

Dorian estreou na arte em 1950, junto com os primeiros e grandes amigos Newton Navarro e Ivon Rodrigues, no 1º Salão de Arte Moderna de Natal. Seu primeiro livro se deu 11 anos depois, em 1961, intitulado “Instrumento de Sonho”.

Ele atuou como assessor da secretaria estadual da cultura do Rio Grande do Norte (1967-1968) e da Fundação José Augusto (1974) e foi diretor do Teatro Alberto Maranhão (1967-1968). Em 1989 publicou o livro 'Artes Plásticas do Rio Grande do Norte 1920—1989'.

O corpo do artista plástico está sendo velado desde as 7h da manhã desta terça-feira (24), na Pinacoteca do Estado, em Natal. Logo mais às 18h, será realizado o sepultamento no cemitério e crematório Morada da Paz, em Emaús.


Via G1
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta