sexta-feira, 2 de setembro de 2016

‘Rata da barriga preta’ Juliana Alves sofre novo ataque racista e toma atitude dura


A atriz Juliana Alves foi vítima de outro ataque racista nesta quarta-feira, 31. O assunto ganhou grande destaque nas redes sociais. A profissional da dramaturgia sofreu ofensas criminosas depois que publicou uma fotografia em que aparece exibindo uma blusa, na qual diversos nomes de mulheres influentes e famosas estavam escritos. A publicação foi elogiada pela maioria dos seguidores da atriz, mas um “engraçadinho” decidiu insultar a moça, que ficou conhecida em todo o Brasil por conta do reality show ‘Big Brother Brasil’.

O seguidor não gostou de nada que Alves publicou. Irritado, ele partiu para as ofensas pessoais e exagerou, já que a constituição federal estabelece que ofensas contra a cor da pele ou origem da pessoa configuram o #Crime de racismo. “Por que nas últimas imagens do Insta você não deu opção de opinião, cabelo de vassoura? Você também tá mamando na teta do PT? Estrume, rata da barriga preta”, publicou o seguidor, que acusou a profissional da dramaturgia de receber algum benefício do governo deposto nesta quarta, cuja figura máxima era a da ex-presidente Dilma Rousseff.


O internauta que fez as ameaças contra a atriz foi identificado pelo jornal carioca Extra como Rogerio Marcio Oliveira. A atriz não leu calada a mensagem racista e decidiu se pronunciar. Ele acabou revelando qual era o perfil de Rogerio e mobilizou os seguidores no Instagram para que o denunciassem. Ela pediu para que os seguidores clicassem na opção “comentário inadequado”. Geralmente, um grande número de denúncias faz os perfis em redes sociais serem suspensos.

Ao Extra, a assessoria da atriz disse que ela irá denunciar o autor das mensagens. Uma finte ligada à jovem famosa disse que ela deve ir ainda nesta quinta-feira, 1, à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, a DRCI, no Rio de Janeiro. Juliana não é a única famosa que foi vítima de ataques por conta da cor da sua pele. Nos últimos meses, nomes como Thais Araújo, Sheron Menezes e de Maria Julia Coutinho sofreram ações parecidas.


no Blasting News
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta