terça-feira, 16 de agosto de 2016

Nike celebra a genial Simone Biles e outras atletas negras


São Paulo - No Brasil, a atleta da vez na Olimpíada é Rafaela Silva: mulher, negra e dona de uma medalha de ouro no judô.
Já nos Estados Unidos, o grande nome a conquistar atenção inédita é Simone Biles. Novamente: mulher, negra e dona de três ouros da Rio-2016.

Ou Simone Manuel, dona de dois ouros e duas pratas na natação - e a primeira mulher negra a vencer uma prova individual na modalidade.

Em novos comerciais, a Nike mostra o poder de algumas dessas atletas que passaram por cima de dificuldades, preconceitos e dúvidas para chegar aos Jogos Olímpicos como vencedoras. 

No arrepiante vídeo de Simone Biles, por exemplo, a mãe da atleta fala sobre a filha.

Vemos imagens de arquivo incríveis, com uma Simone dando piruetas ainda criança, em sua casa.


Outro vídeo mostra imagens da infância e do treinamento de Gabby Douglas, outra ginasta americana (com um ouro conquistado nos Jogos).


Saindo dos EUA e indo para a Jamaica, a Nike também celebrou Shelly-Ann Fraser-Pryce, velocista medalha de bronze no Rio.



Outra campanha traz a velocista English Gardner, que chegou às finais dos 100 metros livres no Rio.

Em um momento no qual a violência policial contra a população negra fica mais evidente (no Brasil e também nos EUA) e o debate racial volta aos holofotes, a vitória de mulheres negras no Rio é uma inspiração para muitas meninas ao redor do mundo. 

Aliás, vale relembrar a música "Young, Gifted & Black", de uma outra Simone além de Simone Biles e Simone Manuel, que tem tudo a ver com o momento. 

Escrita em 1969, por Nina Simone e Weldon Irvine, a música foi uma homenagem à memória de Lorraine Hansberry, grande amiga de Nina.



Via Exame.com
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta