sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Marca de bijouteria utiliza cabos descartados


Aliando seu talento com criação de jóias e a vontade de fazer algo contra o desperdício de materiais, Billie Van Nieuwenhuyzen, de Ghent, na Bélgica, criou a Edelplast.

Recém-formada em design de objetos e joias, ela queria dar vida nova às coisas descartadas, como cabos.

Em sua coleção, ela transforma estes cabos supostamente inúteis em criativas bijuterias.

A marca existe desde 2015, e desde então reinventa e transforma resíduos eletrônicos (e-waste) em novas possibilidades.

Outra curiosidade é que cada peça é confeccionada a mão, fazendo o contraponto da produção em massa destes descartes que crescem cada vez mais no mundo.

Segundo explicação do site Follow the Colors, “para a manufatura das bijuterias, os materiais são prensados e fundidos, e, na sequência, passam por um processo de corte, técnica aplicada para criar um aspecto plano e entrelaçado nas peças”.

Confira abaixo fotos e como é o processo:





Via RPA
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta