sexta-feira, 24 de junho de 2016

Vídeo coloca agressor frente a frente com vítima de racismo


Em julho do ano passado, a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju, apresentadora da previsão do tempo no “Jornal Nacional”, foi vítima de racismo na internet.

Infelizmente os ataques sofridos por Maju não foram um ato isolado. Quase que diariamente tomamos conhecimento de casos de racismos, principalmente pelas redes sociais.

Para mostrar que este é um problema real, a ONG Criola, organização que atua a partir da defesa e promoção de direitos das mulheres negras, lançou no ano passado a campanha “Racismo virtual. As consequências são reais”.

A ação, em parceira com a agência de publicidade W3haus, espalhou outdoors próximos de ondem viviam os autores postagens de racismo contra a jornalista.

Nesta semana foi lançado um vídeo ilustrando a campanha. Nele, um dos agressores decidiu mostrar o rosto e se retratar, cara a cara, com uma das vítimas de racismo. Assista


Do Catraca Livre
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta