segunda-feira, 27 de junho de 2016

UE quer iniciar "o mais rápido possível" o processo de saída do Reino Unido


Casal se beija em apoia à permanência do Reino Unido na União Europeia(Hannibal Hanschke/Reuters)

A União Europeia (UE) pediu nesta sexta-feira ao Reino Unido que inicie o processo de retirada do bloco comunitário "o mais rápido possível" para não prolongar "inutilmente a incerteza", e reiterou que não haverá uma renegociação e que espera de Londres propostas para as relações futuras. "Esperamos agora do governo britânico que aplique a decisão dos britânicos o mais rápido possível, independente de quão doloroso possa ser o processo. Qualquer atraso prolongaria inutilmente a incerteza", declararam em comunicado conjunto os líderes das instituições europeias.

Os líderes europeus não escondem a decepção com o resultado, mas Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu (órgão executivo da UE formado por chefes de governo e de Estado dos 28 países-membros), disse que o bloco "estava preparado" para esse resultado. "O que não te mata, te fortalece", disse Tusk a repórteres em comunicado. "Hoje, em nome dos 27 líderes, posso dizer que estamos determinados a manter nossa unidade como 27", acrescentou.

Tusk disse que não há maneiras de prever todas as consequências políticas geradas pelo resultado do referendo, especialmente para o Reino Unido, mas que não é momento para "reações histéricas".


Via Veja
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta