terça-feira, 21 de junho de 2016

Projeto dá formação para jovens desenvolverem projetos de impacto social no RJ


Os jovens são potenciais transformadores do lugar onde vivem. Eles só precisam de um empurrãozinho para realizar projetos capazes de impactar positivamente a vida deles e da sua comunidade.

Foi pensando nisso que o projeto Educa Aí, Educação para Engajar, no Rio de Janeiro, desenvolveu uma metodologia que já ajudou mais de 200 jovens a planejar e executar projetos de impacto social positivo sobre um tema escolhido por eles.


As oficinas, realizadas em escolas e ONGs duram seis encontros semanais de três horas geralmente. Os temas variam, vão desde “Voluntariado”, passando por “Doação de Medula Óssea” até “Inclusão de Idosos”.


No primeiro encontro, os jovens entendem a importância do tema para que se sintam determinados a criar projetos que façam a diferença para divulgar a causa. Par isso, um convidado divide sua história com a turma.

Neste mesmo dia, é lançado um desafio: “Qual projeto você quer criar para mobilizar sua família, sua escol, seu bairro em prol do tema?”. “Eles podem escolher o que quiserem: uma peça, uma música, um flash mob, um game, um aplicativo, uma exposição fotográfica, um evento, uma passeata, entre outros”, disse Juliana Cariello, fundadora do projeto, ao Razões.


O segundo e o terceiro encontros são usados para os jovens planejarem o projeto. A execução da ideia acontece no quarto e quinto. No sexto e último encontro, os grupos apresentam os projetos, os resultados e os bastidores para os convidados.






Via RPA
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta