quarta-feira, 22 de junho de 2016

Haitianos gravam vídeo em resposta às críticas de Luciano Huck


“Depois do que vi, acho que a humanidade não deu certo”, afirmou o apresentador sobre sua experiência no Haiti; imigrantes mostraram indignação e afirmaram que a TV Globo reforça uma imagem estereotipada, ressaltando apenas a pobreza e a violência do país

Um grupo de haitianos que mora em Curitiba publicou nesta segunda-feira (20) um vídeo na internet em protesto contra a exploração da imagem de pobreza do Haiti. A iniciativa surgiu depois de uma reportagem veiculada na TV Globo no intervalo do jogo que o país disputava com a seleção brasileira de futebol, no dia 8 de junho. As imagens mostradas seriam apenas do bairro Cite Soleil, na capital Port-au-Prince, conhecido pela miséria e a violência.

A matéria também teria usado imagens de 2004, período em que o país passava por graves problemas políticos, e de 2010, quando foi devastado por um terremoto. E, segundo os haitianos, a Globo ignorou qualquer aspecto positivo da região. O apresentador Luciano Huck chegou a dar uma declaração sobre sua experiência no Haiti. “Depois do que vi, acho que a humanidade não deu certo”, disse.

A afirmação causou revolta entre os imigrantes, que acreditam que, com essa atitude, a emissora reforça a xenofobia e outras dificuldades já enfrentadas por eles fora de sua nação de origem. A princípio, a ideia era escrever uma carta a Huck, que depois virou um vídeo com a ajuda do fotojornalista Brunno Covello e de alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR).




no Revista Fórum
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta