quarta-feira, 8 de junho de 2016

Chopinho em casa? Entenda por que os Growlers viraram tendência


Growlers são opção para beber chope fresco em casa ou com os amigos.

Os Growlers estão chegando com tudo no Brasil! Nunca ouviu falar? São as garrafas retornáveis de cerveja que possivelmente foram criadas no século XIX na Europa, mas viraram febre mesmo nos Estados Unidos nos últimos anos. Agora, elas começam a se tornar tendência entre os cervejeiros brasileiros. Dá para levar a bebida direto da torneira dos bares ou cervejarias para sua casa.

Growlers são garrafões que variam de 1 a 5 litros, geralmente de vidro ou porcelana, e que podem ser levados para serem enchidos de cerveja em bares, direto nas cervejarias e outros estabelecimentos que trabalham com a bebida na pressão. São ótima opção para se beber chope fresco.

Garrafões podem ser enchidos na torneira de
chope ou em sistemas como o de contrapressão.

Há mais de uma forma de encher um Growler. Uma delas é diretamente na torneira, quando é preciso tomar cuidados para não espumar demais. Esse sistema, porém, pode facilitar um pouco a oxidação da bebida e tirar a carbonatação, o que interfere diretamente no gosto.

Outra forma é o enchimento por contrapressão, no qual a pressão retira oxigênio da garrafa e o substitui por CO². William Fleming, sócio do Growler Brasil, de Curitiba, argumenta que com esse formato a cerveja no garrafão tem a mesma qualidade da que está no barril. “Usamos a contrapressão, assim transferindo a bebida na mesma qualidade”, diz.

Cervejarias também apostam no uso dos garrafões para oferecer chopes aos clientes. É o caso da mineira Wäls, que lançou recentemente um Growler Station no supermercado Verdemar Nossa Senhora do Carmo, em Belo Horizonte. Nele, os cervejeiros podem encher seu Growler com 10 chopes diferentes da marca e garantir a bebida fresca.

Ah, para quem não sabe, o chope e a cerveja da mesma marca têm a mesma fórmula. Chama chope porque ele é servido em torneiras e não passa pelo processo de pasteurização. Chama cerveja porque é pasteurizada para ser distribuída em latas ou garrafas.

Os médicos Paula e Márcio optaram pelo
Growler pela sustentabilidade.

As vantagens do Growler

Os garrafões trazem diversas vantagens para o consumidor. A primeira é que a bebida pode ser consumida fresca. A Growler Brasil, por exemplo, utiliza uma Kombi que leva a enchedora em vários pontos de Curitiba, o que facilita o acesso. “Promovemos o consumo local”, comenta William. Além disso, se a sua cervejaria preferida tiver a prática de encher Growlers na fábrica, você pode tirar a bebida direto da fonte. Outro ponto importante é que essas garrafas cortam custos, pois não se paga por garrafa, envasamento, rótulos e outros encargos que precificam a bebida.

Consumo sustentável

Quando cervejas são consumidas em garrafas ou latas o descarte é quase inevitável, e nem tudo passa por reciclagem. Já no Growler, por sua duração longa, evita isso. Esse foi um dos motivos que atraiu o casal de médicos Márcio Schiavon, 41 anos, e Paula, 40, para usar os garrafões. Eles contam que toda sexta-feira aproveitam para encher seus Growlers na Kombi e experimentar cervejas diferentes. Assim, colaboram com a diminuição do lixo. “A gente gosta de ideias boas. E essa perspectiva para o futuro (do planeta) nos atrai”, diz.

Cervejaria mineira Wäls lançou um Growler Station
em Belo Horizonte.

Como cuidar do seu Growler:

- Quando o Growler estiver cheio, ele deve ser mantido refrigerado, para a cerveja não estragar. Em média, a bebida dura até 10 dias.
- Depois do Growler aberto, ele deve ser consumido em até 48 horas.
- Evite expor o Growler ao sol. Quando ele está com chope, isso pode reduzir a qualidade da bebida.
- Após consumir todo o conteúdo, limpe-o. Lembre-se de lavar com água corrente e um pouco de detergente. Qualquer resíduo dentro da garrafa, sejam restos de cerveja ou detergente, pode afetar a qualidade da próxima cerveja que o abastecerá.
- Guarde-o longe da luz e seco.
- Evite batidas ou quedas. Isso pode causar danos a alguns Growlers como rachaduras imperceptíveis ao olho. Se isso ocorrer, quando se enche na pressão, o garrafão pode estourar.

Garrafas possibilitam reutilização e cortam custos. Em Curitiba, Kombi passa pela cidade enchendo as garrafas com cerveja.

Via G1
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta