quarta-feira, 25 de maio de 2016

Cidade americana usa impostos sobre venda de maconha para ajudar moradores de rua


A legalização da maconha é um tema recorrente em nossa sociedade atual. Já mostramos aqui algumas vezes que esta erva caiu na mídia como remédio, por exemplo.

Porém, uma cidade do Colorado foi ainda mais longe do que apenas os benefícios medicinais dela. Em Aurora, US$ 1,5 milhão gerado a partir de impostos sobre a maconha serão destinados aos cuidados de moradores de rua.

A organização sem fins lucrativos Colfax Community Network, que apoia famílias que vivem em motéis, vai receber US $ 200.000 do fundo especial para ajudá-las. Um conselho vai avaliar os resultados da ideia ao longo de um ano, para então decidir se o plano continua por mais um ano.

O conselho também concordou em dar suporte para outros dois grupos, o Comitis Crisis Center e o Aurora Mental Health, com vans que estarão disponíveis para transportar e cuidar de desabrigados. Cada automóvel vai custar entre US$ 30.000 e US$ 44.000.

As autoridades municipais previram que as vendas de maconha responderiam por US$ 5,4 milhões nos cofres da cidade.

Além do valor que será destinado aos sem-teto, cerca de US$ 680.000 será reservado para organizações sem fins lucrativos da cidade. E US$ 2 milhões serão utilizados para construir um novo centro de recreação.

“Queríamos ser capazes de mostrar aos cidadãos que há impacto positivo na comunidade e apontar os projetos ou iniciativas para onde o dinheiro está sendo destinado,” diz Bob Roth, um dos vereadores.

E a cidade de Aurora não está sozinha na empreitada de utilizar os lucros com a legalização da maconha para ajudar moradores de rua (aliás, já mostramos aqui também algumas outras belas histórias e iniciativas para ajudar desabrigados).

Em março, Los Angeles propôs uma série de medidas para financiar habitações para sem-tetos.

Através de uma taxa cobrada em cima da venda e cultivo de maconha, de 15%, estimou-se um lucro de US$ 16,7 milhões por ano.

O dinheiro gerado será usado para a construção de lares permanentes e de apoio, e serviços de auxílio, tais como chuveiros móveis, vouchers de desconto e serviços, entre outros.



Fonte: Huffington Post / Foto de capa: David Zalubowski - Via RPA
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta