segunda-feira, 28 de março de 2016

Papa Francisco lava e beija os pés de muçulmanos e refugiados, e diz: “Somos todos irmãos”


Papa Francisco escolheu liderar pelo exemplo, tanto que já falamos sobre ele algumas vezes aqui no Razões, relembre aqui.

Na Quinta-Feira Santa, Sua Santidade discursou enfatizando: “Somos todos irmãos”, onde se ajoelhou, lavando e beijando os pés de refugiados muçulmanos.

Na tarde depois do ataque terrorista em Bruxelas, o papa saudou ortodoxos, Hindu, e os refugiados católicos, declarando-os todos filhos do mesmo Deus e denunciando o “gesto de guerra”, que deixou dezenas de mortos. Quinta-feira Santa é uma reconstituição de Jesus lavando os pés dos apóstolos antes de ser crucificado. “Nós temos diferentes culturas e religiões, mas nós somos irmãos e nós queremos viver em paz”, disse Francisco.

Tradicionalmente, o ritual é realizado apenas em grupos de 12 católicos, com as regras do Vaticano reservando o gesto apenas para os homens. Mas desde 2013, Francis causou um rebuliço, lavando os pés de várias mulheres e muçulmanos em um centro de detenção juvenil. Quatro mulheres e oito homens participaram do ritual na quinta-feira.

“Todos nós, juntos: muçulmanos, hindus, católicos, evangélicos. Somos irmãos, filhos do mesmo Deus “, disse Francisco. “Queremos viver em paz, integrados”. Assista:


Foto de Capa: AP Photo/L’Osservatore Romano / Fotos acima: Reprodução do Youtube


Via RPA
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta