domingo, 6 de março de 2016

Campanha de Trump é acusada de usar Photoshop em modelo branca para fazê-la parecer negra


Camisetas à venda na loja online de Donald Trump

A campanha de Donald Trump foi acusada de editar e mudar a cor da pele de uma modelo branca que participa de uma de suas peças publicitárias, para que ela parecesse negra. A foto, que despertou intensos debates na internet, foi publicada na loja on-line do candidato republicano e mostra a modelo usando uma camiseta de sua campanha, à venda no site.

A imagem da modelo negra, usando a camiseta cinza, é aparentemente idêntica à outra foto, na qual a modelo é branca. Os dois retratos provocaram criticismo e debate na internet entre os apoiadores e os críticos de Trump. "Deus me livre que Trump ia realmente usar um negro em um de seus anúncios", ironizou um usuário do Twitter. Outro perguntou: "Será que a campanha do Trump está implicitamente admitindo que tem problemas étnicos?".


Donald Trump, que confirmou sua vitória em sete estados na Super Terça, já chamou os mexicanos de "estupradores" e afirmou que pretendia impedir a entrada de todos os muçulmanos nos Estados Unidos.

Um dos candidatos republicanos rivais do magnata, Marco Rubio, também criticou Trump por não recusar o apoio do ex-chefe da Ku Klux Klan (KKK), David Duke, à sua campanha. "Não podemos ser o partido que rejeita condenar os supremacistas brancos e a Ku Klux Klan. Isso não só está errado, mas torna Trump inelegível", disse Rubio em um comício na Universidade Patrick Henry de Purcellville, na Virgínia, na última segunda-feira.

Via Portal Veja
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta