segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Will Smith aprova mudanças ‘rápidas e agressivas’ do Oscar


Ator americano disse estar ‘muito satisfeito’ com as promessas da Academia

Dias depois de protestar contra a ausência de negros entre os indicados ao Oscar, o ator americano Will Smith disse, em entrevista à BBC, que está “muito satisfeito” com as promessas da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A entidade, que organiza a premiação, pretende fazer mudanças significativas em seu corpo de jurados para dar mais diversidade aos votantes.

Talvez a estrela de Hollywood mais influente a aderir às manifestações, Smith afirmou que aprovou a maneira “rápida e agressiva” com que a Academia tomou providências.

“Acho que não existe uma mentalidade de ‘nós contra eles’. Somos todos o mesmo grupo. Sou integrante da Academia: é mais um problema familiar do que um caso de direitos civis. Nossa família tem um impasse e devemos resolvê-lo”, disse.

Smith fez coro às declarações de sua mulher, Jada Pinkett Smith, e do cineasta Spike Lee, que convocaram um boicote à cerimônia mais importante do cinema. Pelo segundo ano seguido, todos os 20 indicados à melhor ator e melhor atriz são brancos.

“Se não somos parte da solução, somos parte do problema”, disse o ator à época.

Em resposta aos protestos, a Academia anunciou que irá dobrar o número de mulheres e minorias até 2020. O apresentador da cerimônia, Chris Rock, também reescreveu seu monólogo de abertura para falar sobre o assunto.


Do O Globo
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta