quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Para técnico Steve Kerr, atual campeão da NBA, mais atletas gays precisam sair do armário



"Acredito que muitos outros atletas e pessoas que vivem do esporte precisam sair do armário antes que possamos ver uma mudança".

A fala é de Steve Kerr, ex-armador do Chicago Bulls recordista de Michael Jordan e atual técnico do Golden State Warriors - justamente a equipe que pode bater a equipe histórica dos anos 1990.


Recentemente, o armador do Sacramento Kings, Rajon Rondo, acabou suspenso por ofensas homofóbicas ("fucking faggot", algo como "bichinha") contra o árbitro Bill Kennedy. O episódio, aliás, motivou o árbitro a sair do armário.

Kerr também não se fez de rogado com episódios como esse - que continuam acontecendo, claro. Para ele, racismo e homofobia merecem o mesmo destino: punição.

"A NBA deve tratar (as ofensas homofóbicas) exatamente como trata palavras racistas. É a mesma questão, é discriminação", disse.

 
Se o inglês estiver em dia, o trecho da fala de Kerr está aqui abaixo:


Fonte: Brasil Post
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta