terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

12 coisas que pessoas solteiras ouvem o tempo todo (e que pessoas que namoram ou são casadas não ouvem)


Estar em um relacionamento nos protege contra muitos conselhos indesejados.

Infelizmente, quando você está solteira de novo ou divorciada, todo o mundo parece ter algum comentário a fazer sobre sua vida pessoal.

Às vezes pode passar um pouco da conta. Abaixo, blogueiros e leitores do HuffPost compartilham os “conselhos” mais indesejados que ouviram depois de uma separação.


“Os relacionamentos podem ser bons ou podem ser terríveis, mas um relacionamento nunca vai fazer você ficar inteira. Comentários como esses dão a impressão de que sim, como se, por mais que você possa estar curtindo a vida de solteira, a ‘vida de verdade’ só começasse quando a gente tem marido e filhos.” -- Ashley Lawson


"Sou mãe divorciada e só vejo meu filho parte do tempo. As pessoas muitas vezes pensam que levo uma vida tranquila e não tenho as responsabilidades das mães casadas, que cuidam de seus filhos todos os dias.

Os pais em tempo integral parecem invejar minha vida, em que meu filho não está presente todos os dias; eles acham que minha vida é livre, leve e solta. Acabo tendo que desfazer a ilusão de que tudo cai do céu para mim.

Falo que tenho as mesmas responsabiliades que eles, e às vezes até mais algumas.” --Kathy Kaveh


“Estou divorciado há cinco anos e prefiro viver assim. Não tenho o menor problema em ir sozinho, mas obrigado por perguntar. E sei conversar com pessoas que fazem parte de um casal – sou bom nisso também.” -- Matt Sweetwood


“Eu já sei o que quero da vida, então faça-me o favor de não imaginar que eu preciso de tempo a mais para partir em alguma busca interior para decifrar o que é. Quero liberdade financeira, estabilidade financeira. Amor. Quero filhos felizes, saudáveis, produtivos, gentis e que não tenham medo.

Quero publicar meu livro (assim que eu conseguir escrevê-lo). Quero fazer exercícios regularmente, me alimentar bem, tomar muita água e reduzir meu estresse. E eu adoraria um vinho sem calorias que fosse gostoso (e aproveite para acrescentar um pouco de cheesecake ao mesmo tempo).” -- Heather Gillis Harris


“Para quem não sabia, há inúmeras mulheres que estão casadas e mesmo assim precisam se virar sozinhas para trabalhar e cuidar das crianças. Quando explico às pessoas que meus filhos e eu somos uma equipe e que até minha filha menor ajuda em casa, preparando seu próprio lanche e limpando o banheiro, muitas pessoas sentem até inveja.” -- Alison Jacobson


“Ah, sim, claro, isso poderia ajudar. Por que não acrescentar mais inflexibilidade e carência à minha vida, num momento em que estou tentando priorizar o trabalho e a família?”-- Cherie Morris


“Não precisa falar mal de sua própria vida para tentar fazer com que eu me sinta melhor, como se eu não estivesse perdendo alguma coisa.”-- Katie Stringer


“Neste momento de minha vida não estou planejando ter filhos nunca, mas minhas decisões reprodutivas não têm nada a ver com meu status de relacionamento. Meus motivos são internos e externos; envolvem as coisas que se passam em minha cabeça e no mundo, e nada disso mudaria se eu tivesse uma aliança no dedo.

Vivo me surpreendendo ao ver quantas pessoas imaginam não apenas que eu queira ter filhos, mas que devo estar morrendo de medo de não estar fértil quando a hora chegar. É um insulto, na realidade.” -- Ashley Lawson


“Sair com alguém depois de um divórcio não é fácil. Na verdade, é horrível. Por favor não reforce este fato, recuando com medo quando compartilho minhas histórias tenebrosas sobre encontros. Procure não parecer tão aliviada porque você ainda tem seu marido em casa para quem pode voltar. E prometa-me que ainda existem alguns homens decentes lá fora.”-- Heather Gillis-Harris


“É verdade que a vida de solteira proporciona um grau de liberdade que nunca tive quando estava casada –ocupar a cama inteira, comer chocolate para o café da manhã quando me dá vontade--, mas há coisas da vida de solteira que não são nem um pouco glamurosas. Quando você vivia com dois salários estáveis e agora tem que viver com a renda instável de uma jornalista apenas, não é glamuroso. Trabalhar sete dias por semana para compensar pela perda de renda é menos glamuroso ainda.” --Danielle Porter


“É claro que sim! Também me preocupava quando estava casada. Mas admito que não posso controlar tudo o que meus filhos fazem, nem, com certeza, a maioria das coisas que meu ex faz. Então tomo as melhores decisões que consigo com e para as crianças e deixo o resto passar. Se você é casada, deveria tentar fazer o mesmo.” --Cherie Morris


“Acho que foi por isso mesmo que me divorciei, para começo de conversa –porque eu me amava (e ainda me amo). Me divorciei porque eu estava infeliz. Nós estávamos infelizes. Foram precisos anos de terapia para eu entender que, porque eu me amava, eu não estava com a pessoa certa, e ele tampouco. Prefiro estar solteira e apaixonada por mim mesma que num relacionamento em que me sentia sozinha.” -- Heather Gillis Harris


Fonte: Brasil Post
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta