quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Criativo ensaio fotográfico mostra corpos nus banhados em cinza



Por acreditarmos na fotografia como uma arte capaz de exteriorizar sentimentos e provocar reflexões profundas. É o caso dos ensaios feito pelo fotógrafo parisiense Olivier Valsecchi, onde não apenas contemplamos as belas imagens de corpos sendo banhados por cinzas, mas também nos abre para meditação sobre nascimento – vida – morte e renascimento, que em algumas tradições filosóficas indianas é conhecido como Samsara.



Olivier acredita na reencarnação, e afirma que a ideia de imortalizar imagens de pessoas nuas sendo banhadas por cinzas veio afirmar que ele estava indo para um caminho certo em sua vida, pois com o projeto ele conseguiu demonstrar suas crenças de forma extremamente criativa, o que lhe rendeu exposições e diversos prêmios ao redor do mundo.

O projeto chama-se I am Dust (algo como, eu sou poeira) e também é, segundo ele, um auto-retrato, mesmo não aparecendo seu rosto (ele disse que, se apenas aparecesse ele, ficaria chato), portanto, seus ensaios não são auto-retratos literais, mas representam um parentesco espiritual: “Eu conheço um monte de gente em quem eu posso me ver, e eu sinto instintivamente que temos algo em comum para compartilhar”. Separamos algumas fotos desse fantástico projeto:
























Todas as fotos © Olivier Valsecchi


Fonte: Hypeness
Postar um comentário

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta