terça-feira, 26 de julho de 2016

Comitê Olímpico mantém decisão de excluir religiões africanas de centro ecumênico


Por decisão do Comitê Organizador Rio 2016, o centro ecumênico dos Jogos Olímpicos não incluirá cerimônias de religiões de matriz africana, como umbanda e candomblé. O local realizará cerimônias de cristianismo, islamismo, judaísmo, hinduísmo e budismo das 7h às 22h, celebradas em português, espanhol e inglês.

Atenção! Vídeos falsos no Facebook estão infectando computadores no Brasil


Mais um golpe realizado através do Facebook vem dando dor de cabeça para quem usa essa rede social. Dessa vez, vídeos falsos com títulos sensacionalistas e imagens chamativas estão sendo disseminados entre os perfis, roubando dados sobre os usuários de maneira que suas contas podem ser acessadas remotamente sem a necessidade da senha.

Menina de 7 sete anos escreve livro para mostrar que meninas negras podem SIM ser princesas


A pequena Morgan Elizabeth Taylor, de 7 anos, exibe uma maturidade de gente grande. Ela decidiu escrever um livro para mostrar que as meninas negras também podem ser princesas.

Tudo começou porque seu pai, Todd Taylor, a apelidou carinhosamente de “princesa”. Mas a menina disse que não poderia ser chamada assim, pois nenhuma princesa era negra.

Caetano Veloso - Araçá Azul (1973)


Araçá Azul é um álbum de Caetano Veloso, álbum de 1973. Tem conteúdo experimental, e por isso teve um grande número de devoluções, sendo retirado de catálogo e relançado, 15 anos depois, em 1987.Caetano relata ter feito o disco sozinho num estúdio. Pode-se destacar a faixa "De Conversa", que não tem música nem letra, tratando-se de uma superposição de vozes e grunhidos, com sugestão de música.

Faixas:

Beatriz Milhazes - Meu Limão


segunda-feira, 25 de julho de 2016

As realidades alternativas das pessoas invisíveis

Livro de fotógrafo e jornalista traz a poesia e a filosofia de moradores de rua que vivem em São Paulo


A falta de empatia funciona como um anestésico diante de outras realidades. As pessoas fecham os olhos, tapam os ouvidos e simplesmente ignoram outras vidas. Tratam-nas com menosprezo, desrespeito e a maior frieza possível. No caso de moradores de rua, isso fica bastante evidente.

Massacre público de touros é finalmente proibido em evento na Espanha


As touradas fazem parte da cultura espanhola e ainda são permitidas por no país. Apesar disso, a lei avança a passos lentos para evitar que os animais sejam tratados com crueldade em eventos do gênero. Recentemente, a Junta de Castilla y León havia proibido o assassinato de animais no festival Toro de la Vega, em Tordesillas.

Estado descarta parecer contrário e quer transposição de rio em área preservada


Após um processo controverso, que teve dois pareceres negativos de técnicos da Fundação Florestal, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) solicitou ao Consema (Conselho Estadual de Meio Ambiente) a licença prévia para o início das obras de transposição das águas do rio Itapanhaú para o Sistema Alto Tietê, uma das principais obras do governo Geraldo Alckmin (PSDB) para evitar nova crise hídrica em São Paulo.

Por Iyalorisá Regina d' Oxossi


"O orisá é movido a cânticos, a dança e ao gestual, mas atrás disso tudo tem a religiosidade, que é a fé, o nosso respeito ao orisás, a Orunmilá, ao ogbi e ao orogbô, a dança que representamos ao povo, é como se fosse um folclóre, mas o ritual dele é o asé, que é importante e não pode faltar.""A gente so é alguma coisa dentro do candomblé, mediante os nossos orisás, a força são deles" (Iyalorisá Regina d' Oxossi)

Será 2016 o ano do talento para o marketing digital?


Táticas de sucesso para encontrar, treinar e manter verdadeiros talentos

Em uma indústria como a da publicidade, especialmente a digital, onde a única constante é a mudança, é difícil encontrar talentos com real experiência. Mesmo se você está na área de marketing digital há anos, isso não significa necessariamente que conhece todos os in e outs da tecnologia e as estratégias de execução que estão quentes no quadrimestre, e nem mesmo este mês. Um dos principais desafios que qualquer companhia enfrenta atualmente nesta área é a dificuldade constante para encontrar, treinar e manter verdadeiros talentos. Este fenômeno traz a questão: Seria 2016 o ano do talento?

Noite Ilustrada - Volta por cima


Chorei, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu chorei

Influência afro: A Arte Africana e o Cubismo

O Cubismo foi um dos principais, se não um dos mais comentados, estilos do Modernismo, das chamadas Vanguardas. Mas o que a “Arte Africana” tem a ver com isso?


Pablo Picasso (1881-1973), um dos precursores do Cubismo começou a desenvolver o estilo a partir de visitas a uma exposição de Arte Africana, no Museu do Homem de Paris, em 1905.

O trabalho exposto causou uma forte impressão no artista, especialmente as máscaras, o que fez com que ele procurasse retratá-las em suas pinturas. As máscaras, carregadas de significados sagrados, mas também pela simplificação das formas, tornaram-se referência para alguns artistas do Modernismo, em especial para Picasso, que, influenciado por elas, inaugurou uma nova fase da sua obra, o que alguns estudiosos denominam como protocubismo, um antecedente do cubismo, como podemos perceber nas imagens a seguir.

Djamila Ribeiro: “É preciso discutir por que a mulher negra é a maior vítima de estupro no Brasil”


Ao EL PAÍS, pesquisadora fala sobre a importância de combinar a luta contra o machismo e o racismo

Mestre em filosofia política, é uma das principais referências no movimento feminista negro

O estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos no Rio de Janeio provocou um intenso debate sobre a cultura do estupro, além de uma série de manifestações pelo país contra o machismo —e também contra o racismo. O motivo: a violência contra mulheres negras disparou e, embora há quem queira desqualificar o debate (chamando-o de um mimimi feminista), além desse episódio (a vítima era uma jovem negra e pobre), dados do Mapa da Violência de 2015 confirmam o problema. Para Djalmila Ribeiro, 35 anos —uma das mais conhecidas ativistas do movimento feminista negro atual—, somente desconstruindo o mito de país harmônico livre de racismo é que será possível criar políticas eficazes para enfrentar a violência de gênero.

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta