quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Homenagem ao Ilê Aiyê em festa da virada 2019 no Rio Vermelho


Concita Pinto, Vovô do Ilê, João Silva e Rodrigo

O restaurante e bar Maria da Villa, localizado na Vila Caramuru, no Rio Vermelho, vai fazer uma grande homenagem ao bloco afro Ilê Aiyê na sua festa de virada. A ideia é reverenciar “o mais belo dos belos” no momento em que este completa 45 anos de vida. As cores do Ilê estarão na decoração das mesas e de todo o espaço bem como na roupa dos garçons. Isso sem falar que o presidente do bloco, Antonio Carlos dos Santos, o Vovô, será um dos convidados especiais da noite. A coordenação geral da festa estará a cargo da experiente produtora Ivana Souto, o que é outro diferencial.

Conhecida pelo slogan “ lugar de boa comida e de gente feliz”, o Maria da Vila oferecerá buffet livre, segurança e uma localização privilegiada com vista para o mar do Rio Vermelho. As sócias Sidiane Araujo e Concita Pinto mais uma vez apostam suas fichas no grande atrativo da casa: a sua gastronomia, variada e elaborada cuidadosamente, com direito a entradas, prato principal e sobremesa.

A animação ficará por conta do Dj Alex Seven e Osmar Som. "Estamos preparando tudo com muito carinho e amor e queremos que as pessoas venham de branco para brindarmos 2019 num clima de muita paz”, observa Concita Pinto.

 
Serviço:
Local: Restaurante Maria da Vila
Endereço: Vila Caramuru, Rio Vermelho (antigo Mercado do Peixe)
Data: dia 31 de dezembro (a partir das 20h)
Atrativos: vista para queima de fogos + buffet livre + 1 garrafa de espumante por mesa (4 convites) + ceia da virada + caldinhos da madrugada
Criança até 12 anos acompanhada não paga

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Em abril de 2015 o Maria Preta sugeriu: vamos aproveitar e fazer do Brasil, realmente o país do futuro?

http://www.mariapreta.org/2015/04/vamos-aproveitar-e-fazer-do-brasil.html


Nós do Instituto Maria Preta, acreditamos no nosso pensamento democrático em favor de nosso país e da sociedade brasileira. E entendemos que o momento que estamos atravessando, exige de nossas lideranças e de todos os cidadãos a responsabilidade com o futuro do nosso Brasil. Nesse sentido, defendemos que os custos que o país tem hoje com as estruturas de governos e seus políticos sejam transferidos imediatamente para investimentos em saúde, educação, segurança, cultura, transporte e combate ao racismo no país. Quem quer mudar realmente, dá o exemplo. Menos Slogans e mais(boas) práticas!Participe você também da campanha para moralização da política e melhor funcionamento do serviço público no Brasil.


LEGISLATIVO (federal, estadual e municipal):
A retirada imediata dos seguintes benefícios:
- Passagens aéreas
- Auxílio moradia
- Verba de representação
- Auxílio saúde
- Aposentadoria diferenciada
- Carro oficial e combustível
- Motorista
- Cotas de telefone e correspondências
- Reeleição apenas por mais um mandato                                                                                                                                                                                                        - A perda imediata do mandato quando assumir um posto no executivo


EXECUTIVO (federal, estadual e municipal):
- Redução imediata do número de ministérios a no máximo 15 a 20 pastas com prestação de contas trimestral a sociedade e apresentação obrigatória de planejamento anual.                                                                                                                                                                                                                                          - Redução imediata dos cargos de confiança a um para cada órgão ligado ao gestor (Ex: o presidente pode indicar o Ministro da pasta mas não pode indicar mais ninguém na estrutura do ministério. O ministro pode indicar um colaborador para sua estrutura de gabinete. O gestor de cada empresa e/ou órgão diretamente ligado a sua pasta poderá indicar um único colaborador.                                                                                                                                                                                               - Presença no executivo majoritariamente de técnicos comprovadamente em suas áreas(currículos, portfólios, serviços prestados etc...).                                                
- O afastamento imediato quando denunciado e se tornar réu em qualquer instância do judiciário não apenas após transitado e julgado.                                                     
- Presença de maior número de negros no comando do executivo (ministérios, estatais e secretarias estaduais e municipais). Para isso, um investimento pesado em educação pública de base.                                                                                                                                                                                                                                - Retirada imediata de repasses financeiros a sindicatos e entidades de movimentos sociais, que serão obrigados a sobreviver de forma sustentável e com colaborações de seus filiados.                                                                                                                                                                                                                          - Proibição de mudança das marcas das administrações em função da troca de gestor.                                                                                                                               - Proibição de gastos com propaganda para promover a administração e/ou gestor, anunciar obras futuras, podendo perder o mandato.                                                
 - Obrigação de comunicação exclusiva de interesse social(serviços de saúde, transporte, educação etc..) 
- Comunicação de combate ao racismo, preconceito e intolerância religiosa.                                                                                                                                                - Prestação de contas trimestralmente a sociedade.                                                                                                                                                                                       - Reeleição para mais um único mandato sem a possibilidade de ser eleito para nenhum outro cargo público(executivo, legislativo ou judiciário) 
JUDICIÁRIO E TRIBUNAIS DE CONTAS (união, estado e município)

A definição de um único salário sem nenhum tipo de benefício ou mordomia, como acontece nos países desenvolvidos, contando unicamente com um gabinete, um secretária, e um computador para o exercício de seus mandatos.

AS MAIS ACESSADAS

Da onde estão acessando a Maria Preta